> Não adinta ceder só comentario tem que agir: Codó vive momentos de insegurança com tantos assaltos e roubos daclarou Vereador Chiquinho do Saae

Não adinta ceder só comentario tem que agir: Codó vive momentos de insegurança com tantos assaltos e roubos daclarou Vereador Chiquinho do Saae

Posted on terça-feira, 29 de abril de 2014 | No Comments

chico
Vereador Chiquinho do Saae
 
O numero de furtos, roubos e assaltos têm aumentado cada vez mais em Codó nos últimos meses, já é comum esses noticiosos estarem diariamente no relatório de ocorrências da Policia.
Um elemento que já funciona como um ponto de registro, como se tivesse que acontecer para não passar batido.
 
“Não vai adiantar nós convocar outra audiência, vereador Pedro belo, não vai adiantar, porque audiência nós já fizemos muitas aqui e a população continua sendo refém e isso é doido você ver uma pessoa em desespero, uma pessoa que compra uma moto financiada em 60 vezes e fica chorando e corre atrás do político e nos abraça – o que vocês podem fazer?”, questionou
 
“Rouba a Moto”
 
Destacou que hoje ficou comum tomar moto de assalto e não celulares como antigamente.
“Hoje em Codó tá comum tomar moto, hoje ninguém quer mais tomar celular de ninguém. De primeiro eles andavam atrás de celular, hoje você pode andar aí, eles só querem motos e isso ficou comum em Codó”.
 
O Trabalho da Policia
 
A resposta da polícia ao combate a esse tipo de crime não tem intimidado os bandidos que continuam praticando assaltos durante o dia, o que é muito mais grave a situação
O presidente anunciou que vai trocar as audiências públicas de segurança pela cobrança de porta em porta das autoridades responsáveis por ela.
 
“O que está sendo feito pra proteger nossa população. Nós não podemos calar, essa Casa não pode calar em relação à isso. Nós vamos voltar de novo só que agora nós não vamos mais fazer audiência nesta casa nós vamos na Secretaria de Segurança, nós vamos no Pelotão, nós vamos na delegacia que é aqui do lado, vamos pedir, vamos clamar, vamos apelar (…) isso é uma questão de dó, de ter dó, porque se você reagir”, disse.
 
O que parecia estar tranquila  a cidade tem vivido momentos tensos e a população tem dormido com medo, e inseguros de que suas residências possam ser arrombadas a qualquer momento por ladrões, estupradores, assassinos e outros.

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.