> Preso no Maranhão bandido que matou policial em Rio Verde !

Preso no Maranhão bandido que matou policial em Rio Verde !

Posted on quinta-feira, 30 de junho de 2016 | No Comments

Roberto Leris da Silva, maranhense de 25 anos, participou de um roubo que terminou na morte do Cabo da PM Luis Hipólito de Rezende, durante uma ocorrência policial em Novembro de 2011 em Rio Verde-Go. 

O policial foi baleado quando tentou abordar o assaltante que estava em uma moto passando pelo Bairro Popular.


Cerca de 80 policiais civis e militares atuaram em uma operação que terminou na prisão do criminoso, que fugiu de dois presídios, em Rio Verde e Jataí.

Na última sexta-feira (24) Roberto Leris foi preso mais uma vês, por policiais do Maranhão, estado onde moram os familiares dele e onde se escondia.

A prisão dele foi possível graças a um trabalho constante do policial Civil Valdivino lotado na 8ª Delegacia Regional de Polícia de Rio Verde, que fez todos os levantamentos até conseguir descobrir o endereço do assassino.

Segundo a Polícia Civil as informações levantadas pelo
policial de Goiás foram repassadas a Polícia Civil do Maranhão.

Segundo familiares de outros presos, Roberto sempre era tratado por outros bandidos, como um herói dentro dos presídios onde esteve preso, tem regalias, e o apoio dos outros presos quando resolve fugir da prisão.
Fonte: Assessoria de Imprensa 8ª DRP.

RELEMBRE O CASO:

Estava sem colete balístico: PM morre durante troca de tiros com bandidos em Rio Verde; assassino foi preso:

Rio Verde/Goiás – Foi preso na tarde de ontem (17) Roberto Leris da Silva (Japão), de 25 anos, acusado de matar o cabo da PM Luis Hipólito de Rezende, que era lotado na 38ª CIPM em Rio Verde.

O policial militar morreu na tarde de quarta-feira (16), em Rio Verde, a 232 km de Goiânia, após ser baleado durante uma ocorrência policial. O militar estava na viatura que acompanhava dois suspeitos de roubarem uma panificadora e uma mercearia da região, quando durante troca de tiros foi baleado no peito e no rosto por um deles. O cabo da PM não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Os acusados, que estavam em uma motocicleta, tentaram fugir após o militar ser baleado, mas um deles acabou sendo atingido com um tiro na cabeça pelo policial que dirigia a viatura. Mailson do Lago, de 19 anos, que é detento do regime semiaberto por roubo, foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Santa Helena de Goiás. 

Já seu comparsa, Roberto Leris da Silva, no momento da abordagem conseguiu fugir do local, mas em uma mega operação que envolveu a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e SMT o mesmo foi preso na tarde de ontem (17).

A prisão aconteceu no momento em que ocorria o velório do militar. E a população após a notícia da prisão do envolvido, se reuniu na porta da delegacia onde o mesmo se encontrava para protestar e homenagear o policial militar morto em combate.

Demais integrantes da quadrilha presos:Jailson Batista Rocha Junior, que segundo as investigações era quem estava dando cobertura ao Japão na tentativa de retirá-lo de Rio Verde;
Cristiano Farias Brito, de 23 anos, que teria emprestado a moto usada durante o roubo, à tentativa de roubo e a fuga dos assaltantes;
Roberto Leris da Silva (Japão), de 25 anos, assaltante acusado de ter matado o cabo Hipólito;
Mailson do Lago, de 19 anos, que pilotava a moto e que foi ferido na cabeça durante o confronto, continua internado no Hospital de Urgência de Santa Helena de Goiás. Assista ao vídeo:

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.