> Se deram mau - Acusados de terem praticado um assalto com explosão do banco do Bradesco na madrugada de quarta-feira na cidade de Jenipapo dos Vieiras há 101km de Grajaú.

Se deram mau - Acusados de terem praticado um assalto com explosão do banco do Bradesco na madrugada de quarta-feira na cidade de Jenipapo dos Vieiras há 101km de Grajaú.

Posted on sexta-feira, 9 de dezembro de 2016 | No Comments

assaltantes-grajau
Acusados
Foram apresentados nesta manhã de quinta-feira (08), na delegacia de Grajaú pelo Tenente Marcelo Lucas, os acusados de terem praticado um assalto com explosão do banco do Bradesco na madrugada de quarta-feira (07), na cidade de Jenipapo dos Vieiras há 101km de Grajaú.
Segundo a policia após a explosão do banco os homens, saíram em direção à cidade de Grajaú em um veiculo Astra de cor preto. Após estas informações a policia de Grajaú sob o comando do novo Major da cidade, colocou barreiras policial na altura do bairro Expoagra.
Ao observarem o carro a PM deu voz de parada no qual o condutor não obedeceu, foi daí então que culminou em uma perseguição na BR 226 perímetro urbano de Grajaú.
Ao perceberem que estavam sendo seguidos, um dos acusados efetuou disparos contra a guarnição da PM e acabaram pegando a contra mão em uma das vias urbanas da cidade, na localidade conhecida como ladeira do Canoeiro, ocorreu uma intensa troca de tiros entre a PM de Grajaú e os homens que estavam no Astra.
policiais
policiais que efetuaram a prisão
Dois homens dos que estavam no veiculo foram atingidos com tiros e encaminhados ao Hospital Geral de Grajaú, onde um teve alta e o outro ficou em observação. Na hora da abordagem foram presos três homens entre eles uma mulher, dois deles que também estavam no carro adentraram o matagal em direção ao bairro Trizidela, mas não agüentando os ferimentos se dirigiram ao Hospital onde receberam voz de prisão.
Com eles foram encontrados armamentos pesados e uma arma de uso exclusivo das forças armada e, uma dinamite no ponto de uso, além de munições e ferramentas usadas no crime. A mulher deu nome falso e se passou por menor mais logo foi descoberta, um dos homens é fugitivo da cidade de Araguaina/TO.
Vários policiais da FT (Força Tática) de Grajaú participaram da ação que culminou na prisão dos acusados.
Fonte: Adonias Soares 

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.