> Polícia de Peritoró procura casal acusado de fraudar o INSS !

Polícia de Peritoró procura casal acusado de fraudar o INSS !

Posted on terça-feira, 28 de novembro de 2017 | No Comments

A Polícia Civil de Peritoró divulgou a foto de Maria Evarista Queiroz Batista, mais conhecida como MARIA DA EURIDES, e de Roberto Machado Rodrigues, considerados foragidos da Justiça depois que tiveram prisão preventiva decretada num processo criminal que apura fraudes contra o INSS.
O delegado Fábio Cordeio explicou que há 5 meses foi iniciada uma investigação em cima de processos  que questionavam empréstimos consignados na Justiça com valores que chegavam a R$ 103.000,00. Em agosto, mandados de busca e apreensão foram cumpridos.
Na residência do casal, agora foragido, foram encontrados diversos documentos de pessoas falecidas com benefícios ativos no INSS e mais de 30 papéis com senhas bancárias anotadas. Depois disso, o processo continuou e agora a Justiça decretou a prisão do casal que fugiu.
“Acélio, há 5 meses começamos uma investigação sobre processos judiciais questionando empréstimos consignados. Verificamos que muitos documentos eram falsos e pedimos mandados de busca e apreensão em várias residências. No dia 03.08.2017, cumprimos os mandados e na casa deste casal procurado encontramos todos estes documentos que estão na foto abaixo. Descobrimos vários documentos de pessoas já falecidas com benefício do INSS ativo, mais de trinta papéis com senhas bancárias anotadas e muitos documentos falsos. Estes documentos nos levaram a descobrir outros processos fraudulentos na justiça, sendo que em um só deles o ganho foi de 103 mil reais. Mas antes que eles conseguissem sacar o dinheiro liberado pela justiça, a Polícia Civil avisou a fraude ao juiz e o dinheiro está retido. Até o momento 5 pessoas são investigadas, entre elas um advogado. Foi decretada a prisão do casal por eles serem o núcleo das fraudes, falsificando documentos para conseguir empréstimos consignados e entrar com as ações fraudulentas na justiça questionando estes mesmos empréstimos. Várias ações estão em andamento como a quebra de sigilos bancários e perícias nos documentos apreendidos, já havendo alguns laudos do Instituto de Identificação prontos, atestando as falsificações”, explicou o delegado.
Nos documentos encontrados perícias já foram feitas e muitos são, comprovadamente, falsos. Cinco pessoas estão sendo investigadas neste caso, entre elas um advogado. O delegado afirmou que Maria e Roberto tiveram prisão decretada por serem os chefes do esquema que vinha fraudando o INSS.
Do Acélio

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.