> Lula diz que desembargadores do TRF-4 formaram um 'cartel' !

Lula diz que desembargadores do TRF-4 formaram um 'cartel' !

Posted on quinta-feira, 25 de janeiro de 2018 | No Comments

Um dia após sua condenação em segunda instância no TRF-4 , o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silvaparticipou nesta quinta-feira (25) de uma reunião da Executiva Nacional do PT. Na ocasião, o petista disse que s desembargadores formaram um ''cartel'' em seu julgamento. Lula foi condenado por 3 votos a 0.
"Eles construíram um cartel para dar uma sentença unânime para evitar o tal do embargo infringente", disse.
"Para apressar a possibilidade de que o PT não tenha um candidato a presidente, ou evitar que a gente vença a eleição", acrescentou Lula, 
Lula disse que não pode "respeitar" tal decisão judicial, que considerou política. Mas afirmou acreditar na Justiça. "Nós vamos recorrer onde for necessário recorrer. Vamos batalhar até o final".
Apesar de declarar que já esperava a condenação por unanimidade, o ex-presidente disse mais uma vez estar tranquilo mesmo após a condenação, que pode tirá-lo da próxima eleição e até mesmo levá-lo à prisão."Eu sei o que eu fiz, eu tenho coragem de olhar na cara dos meus netos, dos meus filhos e de cada um de vocês", afirmou. "A única coisa que eu posso oferecer a vocês é a minha inocência".
Para Lula, sua condenação foi, na verdade, uma tentativa de punir "uma parcela do povo brasileiro que vê uma possibilidade de esse país voltar a ser respeitado". "É uma briga política e nós vamos tomar uma decisão política."
Lula disse ainda que não quer ser candidato para se "proteger". "A minha proteção é a minha inocência. Se eu for candidato, não é para me inocentar. É para governar decentemente esse país."
CANDIDATURA
O nome de Lula foi lançado como pré-candidato do PT à Presidência da República
Durante a reunião da executiva, da qual participaram governadores, senadores e deputados do partido, a presidente do PT, Gleisi Hoffman, colocou a proposta de pré-candidatura em votação. “Foi aprovada por unanimidade a pré-candidatura dele. Não temos plano B”, disse Gleisi.
O evento contou também com a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), além de governadores petistas, lideranças do partido, de centrais sindicais e de movimentos sociais.
O evento de hoje foi o segundo ato público de Lula em menos de 24 horas após a condenação.
Fonte: Uol

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.