> Por Carlos Magno – A esperança sempre renasce !

Por Carlos Magno – A esperança sempre renasce !

Posted on segunda-feira, 31 de dezembro de 2018 | No Comments

Há alguns dias, venho pensando o que escreveria no final do ano, como aliás, sempre faço. Digo com a maior simplicidade e humildade de quem gosta de aprender e ao mesmo tempo transmitir esse aprendizado, venho construindo este artigo a cada vez que me vem a memória alguns textos curtos, que na minha análise cai bem no assunto.
O fim de ano possui uma característica bem comum: geralmente fazemos uma análise de tudo o que foi feito (e o que não foi feito) durante o ano. Riscamos da “lista” aquilo que foi realizado e mantemos o que ainda desejamos realizar, “jogando” a responsabilidade para o ano que vem.
Teoricamente, essa atitude seria a mais coerente, uma vez que não devemos diminuir nossos planos para que eles caibam no período determinado. Contudo, se temos o hábito de simplesmente adiar aquilo que não foi realizado, não haverá pressa em cumprir essas metas.
Metas podem ser classificadas como sonhos com data, por isso, em um primeiro momento você precisa conhecer quais são seus sonhos. Já parou para analisar o que você quer para sua vida?
Na minha idade, para ser bem realista, é sempre mais difícil sonhar os sonhos, naturalmente em função da atividade biológica do organismo. Mas, o que é impressionante, que a ciência não consegue explicar, o porquê de nós de idade provecta sempre sentimos que temos a idade menor do que realmente ela é. Talvez pela prática de exercício físico, alimentação controlada e outros.
Sim! A realização de um sonho vem através de pequenas atitudes tomadas repetidamente, ou seja, segundo Charles Duhhig, no best seller “O Poder do Hábito”, são necessários 21 dias de repetição de uma ação para que ela se torne um hábito. Ah, mas e se eu furar um dia ou dois? “Recomece com o que você tem e onde você está. Só não pare!”
Motivação é o motivo para a ação. A força e energia interior de cada pessoa são despertadas quando se precisa satisfazer uma das quatro necessidades básicas: viver, amar, aprender e deixar um legado. Esse legado, pensando bem, não é tão difícil assim. Basta você querer. Existem milhares de maneiras de você construir um legado. Escolha a que mais combina com sua personalidade e com o seu gosto. Cada pessoa percebe o mundo à sua maneira. Daí é necessário dar uma parada e pensar, relacionar o que gostariam de fazer, descobrir os objetivos mais íntimos.
A motivação é fundamental para qualquer coisa que se faça na vida. Sobretudo para aquelas coisas que exigem um esforço maior, como é o caso do trabalho. Você tem não só que gostar do que faz, mas também ver significado e acreditar que aquilo é importante.
Para uma pessoa ter motivação ela precisa reunir três requisitos: acreditar, saber e fazer. O elogio, o estímulo e o reconhecimento influem muito mais que o dinheiro para que um profissional se sinta valorizado e motivado. As pessoas são diferentes. As necessidades, os valores sociais e as capacidades são igualmente diferentes e variam conforme o tempo gerando diferentes comportamentos.
Geralmente no final do ano as pessoas refletem sobre o passado e planejam o futuro. Através desse processo as pessoas conseguem a automotivação, ou seja, o prazer de fazer, de tornar os sonhos realidade; conseguem ter uma nova postura diante da vida.
Há desafios em cada amanhecer, mas também há esperanças, somos maiores que as lutas, somos vencedores guerreiros a quem é dado o privilégio da vida, senhores comandantes de destinos que tenhamos na honra a espada justiceira e na coragem o arbítrio do amanhã.
A vontade de viver, a alegria e a esperança há que renascer a cada amanhecer junto com o brilho do sol, que invade as frestas das janelas do quarto, junto com os barulhos da natureza e o cantar dos pássaros, do galo, quando a brisa matutina que nos afaga com benevolência. É nos dada essa nova experiência que se vive diariamente e nos é dada de mãos beijadas e gratuitamente pelas forças do universo, e traz consigo a cada abrir dos olhos um milhão de novas oportunidades a viver, a sentir, a fazer a explorar.
O amor renova as esperanças, aumenta a autoestima, traz felicidade, diminui o egocentrismo, nos faz sentir a necessidade de compartilhar coisas boas e extremamente prazerosas com os nossos semelhantes. O amor faz a cabeça realmente de quem acredita nele e o faz merecer.
A possibilidade de um novo recomeço sempre renova a esperança. E às vezes o renascimento ajuda a clarear a visão dos acontecimentos. Onde há fé, há amor; onde há amor, há paz; onde há paz, há Deus; onde há Deus nada falta.
Esperança é o substantivo feminino que indica o ato de esperar alguma coisa, pode ser também um sinônimo de confiança. Ter esperança é acreditar que alguma coisa muito desejada vai acontecer.
De acordo com a Bíblia, a esperança é uma das três virtudes teologais, conforme é possível comprovar em 1 Coríntios 13:13: “Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.”
Também é possível verificar que a esperança está relacionada com a fé, de acordo com Hebreus 11:1: “Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.”
Em Jeremias 29:11, podemos ver que Deus quer que o Seu povo tenha esperança: “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro.”
Para um cristão, ter esperança é saber que apesar das dificuldades que o cristão enfrenta nesta vida, que o melhor ainda está por vir.
Portanto, devemos ter em mente, o pensamento positivo na esperança, de que dias melhores virão.  Aos nossos leitores e amigos, um feliz 2019.
Carlos Magno da Veiga Gonçalves – notário

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.