terça-feira, 20 de outubro de 2020

Nesta quinta feira será a inauguração da UTI de Codó


Quinta-feira (22), às 10 horas, da manhã será a inauguração da UTI a mais esperada de todos os tempos na cidade de Codó. 

Um resultado em conjunto com parceria entre a Prefeitura de Codó, Governo do Maranhão e o Governo Federal. O prefeito Francisco Nagib vai inaugurar Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital HGM.

Com equipamentos de ultima geração, a UTI de Codó será umas das mais modernas do Maranhão.

A UTI levará o nome do Dr Osnir Maranhão Piorski em homenagem ao saudoso médico que prestou bons serviços a população codoense.

domingo, 18 de outubro de 2020

O Prefeito Francisco Nagib entrega a Escola Municipal Rosângela Moura a 40° escola Padrão Modelo


Na última sexta-feira, 16, o prefeito Francisco Nagib, realizou a solenidade de entrega da Escola Municipal Rosângela Moura, no bairro São Vicente Palloti, após ser reformada.

Gratidão! Essa é a palavra que define esse momento que foi inauguração da Escola Municipal Rosângela Moura. Estamos chegando a 40 “escolas modelo” construídas. Essa escola foi mais um compromisso de campanha cumprido pelo nosso governo. O trabalho não pode parar!, disse Francisco Nagib.


Alberto Barros

Corpo de Bombeiros procura por idoso de 87 anos desaparecido do povoado Santa Rita

O CORPO de Bombeiros esteve ontem, sábado, 17,  no povoado SANTA RITA (próximo  ao Alegre, região da BR-316).

 Foi o primeiro dia de buscas do idoso, José Cunha Silva, de 87 anos de idade.

Neste domingo, 18/10, completam-se 6 dias de seu desaparecimento. Ele não tem problemas mentais.

A família ainda tem a esperança de que tenha ido a outro povoado ou pego carro que o levou a outra cidade (Caxias, por exemplo).

O Corpo de Bombeiros deve voltar hoje ao povoado e região  para continuar procurando.

Qualquer informação use este Whatsapp (99) 98814-1357

Acelio

Brasil em alerta - Gastão revela preocupação com nova onda da Covid-19

O Deputado federal Gastão Vieira (PROS-MA) revelou, preocupação nas redes sociais com uma onda da Covid-19.

A Europa já mergulhou na segunda onda e o Brasil deve embarcar nela também, segundo Gastão. “O Brasil vive como se a crise do Covid tivesse acabado. Deus diga amém. 

A crise veio do oriente para o ocidente, e a Europa mergulha na segunda onda, e é muito provável que o Brasil embarque nela também”, disse.

Ainda segundo Gastão, o estado de calamidade no país será prorrogado em janeiro. “Estado de calamidade será prorrogado em primeiro de janeiro, pela simples razão que a calamidade, sanitária, social e econômica, estará ainda maior que hoje”, afirmou.

Gastão disse que no momento ninguém quer encarar a nova realidade. “Pessoalmente, me limito a torcer para que esteja errado… Do governo ao congresso, ninguém quer encarar a realidade… É certo que medidas mais radicais virão. Ninguém quer chegar a parar tudo de novo… Mas, muito terá que ser parado”, finalizou.

Eita Justiça que demora!!! Justiça manda prender homem filmado agredindo mulher em Ilhéus


O caso do homem agredindo uma mulher no meio da rua em Ilhéus, na Bahia, segue tendo desdobramentos. O Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) decretou a prisão preventiva do acusado, Carlos Samuel Freitas Costa Filho. A Corte acatou pedido do Ministério Público do estado.

Em sua defesa, o homem divulgou nota em que se diz um “jovem trabalhador” e afirma não ter envolvimento com “nenhum tipo de prática criminosa”. Ele alega ainda que tem uma “relação muito conturbada” com a vítima das agressões.

Caio Hostílo 

sábado, 17 de outubro de 2020

Mãe é presa por obrigar filha a se prostituir para pagar contas da casa


Auxiliar de serviços gerais, de 41 anos foi presa em flagrante sob suspeita de obrigar a filha de 16 anos a se prostituir para arcar com as despesas da casa. O caso aconteceu na madrugada de quinta-feira (15), na Vila Aimoré, em Campo Grande. A mulher só foi denunciada após agredir a filha e a expulsar de casa por causa de um programa sexual que não deu certo.

Conforme a delegada Anne Karine Trevisan, segundo relatos da vítima, a mãe marcou programa sexual para ela pelo WhatsApp, mas não deu certo porque o cliente desmarcou. Ao chegar em casa, foi agredida pela mãe e colocada para fora do imóvel.

Desesperada, a garota acionou a Polícia Militar, que foi até a casa da suspeita.  A mãe foi presa em flagrante por favorecimento a prostituição e lesão corporal por violência doméstica. Na delegacia, a mulher disse que a filha já se prostituía, é rebelde e não consegue controlá-la.

A mãe, segundo a delegada, tem várias passagens pela polícia que vão desde furto a lesão corporal dolosa. Ela permanece presa e vai passar por audiência de custódia na Justiça nesta sexta-feira (16), para definir se continuará presa esperando o andamento do inquérito ou se poderá responder em liberdade. Já a adolescente ficou sob a guarda do Conselho Tutelar.

O Campo Grande News não divulgou o nome da mãe, seguindo determinação do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), para não identificar a adolescente de 16 anos. O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), mas o caso investigado pela Depca (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento à Criança e ao Adolescente)

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Apesar de ICMS fixo, gasolina fica mais cara para o consumidor

A mudança na base de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da gasolina aumentou o preço do combustível em R$ 0,07 para os consumidores do Distrito Federal. 

O reajuste, promovido pelo governo distrital, anulou a redução do preço na refinaria, de 4%, promovida pela Petrobras e que entra em vigor nesta sexta-feira (16/10). 

Embora não haja aumento de imposto, porque a alíquota se mantém em 28%, o efeito é sentido no bolso do consumidor, que paga mais caro pelo litro do produto, e nos cofres do GDF, que arrecada mais.

A secretaria de Economia do GDF informou, em nota, que “o ICMS sobre o combustível é sempre de 28%”. “Como é um valor percentual, varia de acordo com o preço cobrado pelos postos. Ou seja, se os estabelecimentos aumentam ou diminuem o preço do combustível, continua-se cobrando 28% de imposto sobre esse preço. Para o cálculo do valor em real (R$) desses 28%, é verificado a cada 15 dias o preço médio (PMPF) dos combustíveis cobrados no DF. Se houver uma diferença nesse preço médio, o valor em real muda na mesma proporção.”

A Secretaria de Economia também esclareceu que a alíquota do ICMS incidente sobre a gasolina é de 28%, conforme a Lei 1.254/96. As alíquotas, no Brasil, variam de 25% a 34,5% conforme a unidade da federação. O Rio de Janeiro pratica a mais elevada alíquota, enquanto nove estados adotam índices menores do que o do DF.

De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e de Lubrificantes do DF, Paulo Tavares, os impostos federais sobre a gasolina, como Cide, PIS e Cofins, são fixos, e somam R$ 0,69 por litro. “Nós defendemos na reforma tributária, que o ICMS seja fixo também, porque essa variação faz o preço oscilar muito na bomba”, disse.

Segundo ele, o ICMS representava R$ 1,24 por litro e passou a R$ 1,31, uma diferença de R$ 0,07, como efeito do aumento da base de cálculo no Distrito Federal, de R$ 4,46 para R$ 4,68. “Essa alta é repassada para o preço final do produto. Não há aumento de imposto, mas o GDF arrecada mais e o preço fica mais alto para o consumidor”, alertou Tavares.