segunda-feira, 24 de junho de 2024

Polícia Civil deflagra operação contra fraudadores do concurso da Guarda Municipal de Fortuna

Na sexta-feira (21), a Polícia Civil deflagrou a Operação Gabarito que culminou em cumprimento de mandados de busca e apreensão e prisão nas cidades de Itapecuru-Mirim e Pedro Rosário.

Os alvos são acusados de fraudar o concurso público da Guarda Municipal da Prefeitura de Fortuna em 2022.

Os policiais cumpriram seis mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão, além de três pessoas terem sido presas em flagrante delito pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, devido a apreensão de dois revólveres de calibre 38 e uma pistola Glock de calibre 9mm.

As investigações foram conduzidas pela delegacia de São Domingos do Maranhão, que apurou que um dos alvos, de 37 anos e residente em Itapecuru, participou de diversos concursos, especialmente aqueles para ingresso em Guarda Municipal de Fortuna, onde, com o uso de documentos falsificados, realizava as provas em nome de candidatos inscritos no certame. Com ele, foram encontrados 18 documentos de RG com indícios de falsificação, possivelmente utilizados nas referidas fraudes. Além disso, o investigado também compartilhava o gabarito de sua prova com outros envolvidos no esquema criminoso.

No último concurso em Fortuna, com a atuação dele, a polícia civil constatou que pelo menos cinco candidatos conseguiram a aprovação com auxílio do esquema, que também pode ter atuado em outros concursos do estado. Após os procedimentos de praxe, os presos foram encaminhados à unidade prisional de Itapecuru-Mirim, onde devem permanecer à disposição da justiça da Comarca de São Domingos do Maranhão.

Fonte: Neto Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário