segunda-feira, 24 de junho de 2024

VÍDEO: Adolescentes retiram corpo de túmulo, filmam e fazem piada

Circula nas redes sociais um vídeo onde três adolescentes, entre 14 e 17 anos, violam um túmulo no Cemitério Sagrada Família, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, Paraná, filmam o ato e zombam do cadáver.

Rindo, elas tiram o corpo do túmulo, e se impressionam ao ver as partes do corpo do defunto, inclusive o terno que ele foi enterrado. Uma das garotas chega a dizer que queria encontrar o corpo de um bebê “porque é tão mais legal”.

Com a repercussão do vídeo, a polícia conseguiu identificar as meninas que já foram ouvidas pela Polícia Civil. A delegada Juliana Cordeiro informou ao G1 que a investigação foi concluída e encaminhada à Vara da Infância e Juventude de Piraquara para aplicação da medida socioeducativa.

Segundo a delegada, as jovens confirmaram serem as mesmas que aparecem no vídeo e que não arrombaram o túmulo, apenas puxaram o corpo do local que já estava aberto. A motivação, segundo elas, foi “curiosidade”. As adolescentes disseram também que o crime aconteceu há mais de um mês.

A polícia também acionou os pais que, ao confirmarem que sabiam do episódio, também foram intimados e agora terão que comparecer ao Ministério Público do Paraná (MP-PR).

VILIPÊNDIO DE CADÁVER É CRIME :

Se fossem maiores de 18 anos, as três meninas poderiam ser condenadas de um a três anos de prisão, segundo o artigo 212 do Código Penal Brasileiro que criminaliza a prática de vilipêndio de cadáveres que é considerado como “crime contra o respeito aos mortos”. os artigos 210 e 211 também criminalizam práticas semelhantes, como violar ou profanar sepultura ou urna funerária e destruir, subtrair ou ocultar cadáver ou parte dele.




Nenhum comentário:

Postar um comentário