Blog do Adalberto Miranda - O polêmico da Região dos Cocais

Depois de três jogos, saiu a primeira vitoria e Fabril Bate no São Vicente pelo o campeonato codoense de futebol

Enfim no campeonato codoense saiu uma vitoria, depois de 3 jogos empatados, no grupo B do Campeonato Codoense 2019 teve prosseguimento ontem a quinta-feira 29/O8 no estadio René Bayma.

A equipe do alto da fabrica Fabril enfrentou o São Vicente e venceu pelo placar magro de 1×0. O gol da vitória foi marcado por Zezinho, saiu aos 19 minutos do primeiro tempo.

O time do Fabril volta a jogar na competição  no dia 9 de setembro contra a equipe do Penharol e o São Vicente volta a campo campo no dia 12 para enfrentar o Sport JR.

A bola volta a rolar no Campeonato Codoense na segunda-feira (02) com mais uma partida pelo grupo A entre as equipes de Nacional x Parma às 20h, no estádio Renê Bayma.

Tabela de Jogos 1º Fase

17/08 Parma 1×1 Santana

22/08 Cruzeiro 1×1 Nacional

26/08 Penharol 1×1 Sport JR

29/08 São Vicente 0x1 Fabril

02/09 Nacional x Parma

05/09 Santana x Cruzeiro

09/09  Fabril x Penharol

12/09 Sport JR x São Vicente

16/09 Nacional x Santana

19/09 Cruzeiro x Parma

23/09 Fabril x Sport JR

26/09 São Vicente x Penharol

Tiroteio no Bairro Nova Jerusalém resultou com quatro feridos e dois foram conduzidos para a delegacia de policia em Codó

Dois jovens, uma mulher e um adolescente ficaram feridos após um tiroteio envolvendo sete pessoas na travessa Fausto de Sousa, Bairro Nova Jerusalém, em Codó, no final da noite de quinta-feira (29).

De acordo com a Polícia Militar, o jovem Francisco Robert Oliveira Carvalho ,18 anos, e seu irmão de 16 anos estavam na porta de casa quando foram surpreendidos por cinco elementos. Um deles, armado com uma garrucha, disparou e acertou as pernas dois quando tentavam fugir para dentro da residência.

Uma mulher de 39 anos, que mora próximo ao local, foi atingida de raspão por estilhaços da bala. A Força Tática foi chamada e conseguiu capturar Francisco Robert e seu irmão menor.

A PM também informou que logo em seguida, Francisco Robert, mesmo ferido, pegou uma arma de fogo caseira, tipo bereta, e atirou nas costas de William Martins Ferreira, 20 anos, que foi levado para o Hospital Geral Municipal e continua internado. A arma usada por eles foi localizada e apreendida.

Fonte: Marco Silva

 

Futebol – A 1ª vitoria no campeonato codoense de futebol 2019 é do Fabril diante da equipe do São Vicente

Após três rodadas sem vencedor,a equipe do  Fabril venceu o São Vicente por 1×0, na noite desta quinta-feira, na estreia pelo campeonato codoense.

Após esta vitória na estreia da competição, o Fabril vai fazer duelo contra o Penharol dia 09 de setembro.

O jogo

No primeiro tempo, o Fabril iniciou com mais posse de bola, ditando o ritmo de jogo e construindo bons ataques. O São Vicente, com dificuldades na saída de bola, dependia de bolas longas, e pouco incomodava a meta do goleiro do Fabril,e aos 20 minutos da etapa inicial o jogador Zezinho fez o único gol da partida.

Etapa complementar

Já no segundo tempo, o Fabril não conseguiu retornar com o mesmo ímpeto do final da primeira etapa. O São Vicente voltou com mas vontade,e conseguiu até fazer um gol,mas o juz anulo,mesmo com gol anulado o time do São Vicente nao se deixou abater e partiu pra cima e teve mas oportunidades,mas o final da foi 1×0 para a equipe do Fabirl que agora é o lider isolado do campeonato codoense.

Mas uma vez Público e Renda não foi divulgado a imprensa.

Tabela de Jogos 1º Fase

17/08 Parma 1×1 Santana

22/08 Cruzeiro 1×1 Nacional

26/08 Penharol 1×1 Sport JR

29/08 São Vicente 0x 1Fabril

02/09 Nacional x Parma

05/09 Santana x Cruzeiro

09/09  Fabril x Penharol

12/09 Sport JR x São Vicente

16/09 Nacional x Santana

19/09 Cruzeiro x Parma

23/09 Fabril x Sport JR

26/09 São Vicente x Penharol

Fonte: Codonoticias

Encontro marca preparativos para implantação do Teste do Olhinho obrigatório no Estado

Médicos, gestores de unidades de saúde e estudantes estiveram presentes hoje, em São Luís, na cerimônia de apresentação e lançamento do Teste do Olhinho obrigatório no Maranhão. Foi o primeiro encontro realizado para esclarecimentos importantes que podem beneficiar cerca de 115 mil crianças que nascem a cada ano no território maranhense.

“É um teste simples, rápido e fácil de ser executado. Se as doenças não forem tratadas a tempo há risco para o desenvolvimento normal da criança. Esse aqui é um pontapé inicial de um grande projeto e de um grande sucesso para o nosso estado do Maranhão”, comemorou o médico oftalmologista e professor da UFMA, Álvaro Bruno Botentuit, que sugeriu a lei recentemente sancionada pelo governador Flávio Dino.

Aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa do Estado, por meio de um projeto apresentado pelo deputado Arnaldo Melo, a lei estabelece que o exame também chamado de Teste do Reflexo Vermelho deve ocorrer em até 48 horas após o nascimento. Por meio dele, é possível detectar problemas na visão como catarata e glaucoma congênitos, tumores e até casos de cegueira que atingem cerca de 33 mil recém-nascidos por ano no Brasil.

A novidade que vai chegar em breve em maternidades públicas da capital e do interior foi recebida com grande expectativa no auditório da Secretaria de Saúde do Estado, como afirma a diretora de saúde da Regional de Rosário, Elizabeth de Castro Oliveira Menezes.

“Vamos ajudar na divulgação junto aos municípios e esperamos que a atenção primária desses municípios venha dar um grande avanço alcançando as mães, sensibilizando da necessidade da realização destes exames. Ficamos felizes com o equipamento que vai ser doado. Isso é um grande incentivo”, disse.

O diretor administrativo do Hospital Regional de Morros, onde são realizados em média 30 partos por mês, também esteve presente e reconheceu a importância do teste.

“A gente vai ser multiplicador do que foi informado aqui, vamos sensibilizar nossa equipe multidisciplinar e trabalhar para que as crianças sejam atendidas”, antecipou.

A secretária adjunta de Assistência à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Carmen Belfort, representou o secretário Carlos Lula. Ao público presente, disse que é preciso ter atitude para que a lei entre em vigor imediatamente.

“O encontro foi muito bom. Avaliamos que tivermos uma grande adesão. Vários municípios se fizeram presentes, inclusive secretários municipais de saúde. O evento cumpriu a sua missão. Seu propósito era dizer que agora é lei estadual, que temos parceiros como doutor Álvaro e que nós estaremos à disposição para que Estado e municípios consigam que essa lei entre em vigor o mais rápido possível”, destacou.

O processo de aquisição dos equipamentos está em fase final. A licitação já ocorreu e a empresa vencedora obteve prazo de 60 dias para fazer a entrega ao Governo. Após isso, haverá treinamento para o uso correto nas cidades.

Um menor e dois adultos aterrorizam ‘PANICO’ no Codo Novo e acabam sendo conduzidos para a delegacia de Codó


No início da madrugada desta quinta-feira (29), 0h20, o “maluco de cabelo estranho”, junto com os parças (amigos), foi preso novamente. Desta vez, ele é suspeito de portar ilegalmente uma arma de fogo, tipo garrucha.

Segundo a PM, Jeremias Neres, Jardel de Oliveira, 23 anos, e um menor de 14 anos estavam aterrorizando moradores do bairro Codó Novo. Eles também teriam ido até uma residência, ameaçado as moradoras e tentado arrombar a porta da casa.

Os três suspeitos foram detidos e encaminhados para a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó.

Com informações da repórter Emanuela Carvalho, da TV Cidade.

Decisões judiciais ameaçam qualidade do curso de Medicina em Caxias

Inúmeras ações ordinárias e mandados de segurança com pedido de liminar têm sido impetrados na comarca de Caxias desde 2016 por alunos de cursos de medicina de faculdades privadas e de universidades estrangeiras que alegam problemas de saúde para obter transferência para o curso de Medicina da Universidade Estadual do Maranhão em Caxias. Com base nesses argumentos, a Justiça tem concedido liminares determinando que a UEMA matricule essas pessoas.

“Essa argumentação é totalmente ilegal, já que existe uma lei federal que trata do assunto e determina que somente funcionários públicos federais e estaduais, caso sejam transferidos a bem do serviço público, tanto eles quanto seus dependentes, têm direito a vaga em uma universidade congênere à que eles já estudam”, ressalta César Pires.

Segundo relatos de professores e líderes estudantis da UEMA emCaxias, há casos de alunos de universidades estrangeiras (Bolívia, Uruguai, Paraguai, Argentina) que também buscam a Justiça para burlar a lei e conseguir transferência para o curso de Medicina.

Indira Odete Amorim, presidente do Centro Acadêmico de Medicina da UEMA, afirma que essas transferências de alunos por decisão judicial vêm sobrecarregando o curso de Medicina em todos os aspectos, tanto estrutural quanto em recursos humanos, e prejudicando a qualidade do ensino.

“As turmas normais têm 35 alunos e estão superlotadas com as mais de 20 pessoas que já ingressaram por decisão judicial, as aulas práticas em laboratório e os estágios, por exemplo, ficam inviabilizados”, enfatiza o deputado.

César Pires concluiu alertando que essa questão precisa ser urgentemente revista, sob pena de afetar seriamente a qualidade do ensino e a formação acadêmica dos alunos do curso de Medicina da UEMA em Caxias.

“É preciso garantir o devido processo de seleção dos alunos, assegurando acesso à universidade àqueles que comprovarem conhecimento para obter vaga em um curso que tem a enorme responsabilidade de formar profissionais que vão cuidar da saúde das pessoas”, finalizou.

Na própria Assembleia Legislativa já se comenta a possibilidade de uma CPI para apurar o assunto.

É aguardar e conferir.

VÍDEO: Delegado Rômulo revela o resultado do laudo do IML sobre o que matou Francildo

O repórter Sena Freitas entrevistou o delegado Rômulo Vasconcelos hoje sobre o resultado final do LAUDO DO Instituto Médico Legal que fez a autópsia no corpo do jovem Francildo Lira dos Santos, encontrado morto numa piscina natural do povoado Pratinha, zona rural de Codó, no dia 17 de agosto de 2019, sob circunstâncias misteriosas.

O laudo saiu, mas não esclareceu absolutamente nada. Diz que a causa da morte é INDETERMINADA.

“SE HOUVE MORTE? responde que sim. QUAL A CAUSA DA MORTE? indeterminada. QUAL ELEMENTO OU MEIO QUE O PRODUZIU? sem elementos, já que não teve lesão. SE FOI PRODUZIDO POR MEIO DE VENENO, ASFIXIA, TORTURA OU OUTRO MEIO INSIDIOSO OU CRUEL? sem elementos também”, leu os quesitos e suas respostas o delegado Rômulo Vasconcelos que desconfia que Francildo tenha tido um infarto e caído com a cara na água.

“Tudo leva a crer que ele teve um pequeno infarto e caiu e aconteceu alguma situação porque ele pode ter batido porque tinha marca de sangue no nariz é isso que dizia o laudo”, disse Dr. Rômulo

O delegado disse que vai ouvir todas as pessoas que estiveram com Francildo naquele e dia e concluir o inquérito.

Do Acelio

Na BR-343 em Campo Maior Carro de advogado pega fogo

Um carro, modelo Peugeot, pegou fogo às margens da BR-343, próximo ao Parque de Vaquejada Nina Alencar em Campo Maior, na tarde desta quarta-feira (28/08). O fogo atingiu a vegetação do local. Com informações do Campo Maior em Foco.

O carro pertence ao advogado Valter Luiz. O motorista teria percebido que carro tinha travado as rodas e começado a incendiar. Rapidamente ele deixou o veículo e as chamas se alastraram consumindo todo o veículo.

O motorista saiu ileso do incidente. Valter Luís foi candidato a vereador na última eleição pelo PTB.

Com informações do Campo Maior em Foco.