> Coroataenses continuam reféns de um único dono de Lotérica – grandes filas e tratamento desumano

Coroataenses continuam reféns de um único dono de Lotérica – grandes filas e tratamento desumano

Posted on segunda-feira, 23 de janeiro de 2017 | No Comments

U
A casa lotérica
U
Fila enorme
A população de Coroatá continua refém das Caixa Econômica Federal, na cidade não há Agência da Caixa, apenas um correspondente lotérico, pois a cidade contava com duas, porém a lotérica que ficava localizada no Centro da Cidade foi fechada por irregularidades de seu proprietário. A única opção do coroataense é se dirigir até a Casa Lotérica que fica localizada na Avenida Central na Trizidela e lá a humilhação é grande.
As casas lotéricas atualmente são as únicas credenciadas a efetuarem os pagamentos de quase todos os Benefícios Oficiais do Governo Federal e na medida em que os serviços vão aumentando, como por exemplo: saques e depósitos, pagamentos de títulos e convênios, recebimento do FGTS dos trabalhadores, Seguro Desemprego, abertura de contas, resultam assim em grandes filas, que aos olhos dos órgãos fiscalizadores como por exemplo o Ministério Público o caso parece normalíssimo.
Idosos, deficientes, grávidas não gozam de seus direitos como o tratamento prioritário e ainda têm de amanhecer o dia no local, muitos chegam ainda pela madrugada. Ao abrir suas portas a única lotérica da cidade se transforma num verdadeiro formigueiro, aparece gente de todos os cantos da cidade, inclusive da Zona Rural, isso sem contar aquelas pessoas que por conta de uma simples pendência precisam se deslocar até a cidade de Codó distante 67 km de Coroatá.
Esperamos que a classe política se mobilize e cobre a resolução do problema o mais rápido possível, pois tem uma meia dúzia de pessoas ganhando dinheiro com a desgraça alheia.
Do Blog do Bezerra

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.