> Disputa no Senado provoca guerra no grupo Sarney

Disputa no Senado provoca guerra no grupo Sarney

Posted on domingo, 25 de fevereiro de 2018 | No Comments

Embora aparentemente tudo esteja na santa paz nas hostes da oligarquia Sarney, o fato é que nos bastidores do grupo a briga tá é feia entre o senador Edison Lobão (MDB) e o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), por conta da certeza de que um dos dois vai sobrar na disputa contra os aliados do governador Flávio Dino, provavelmente Weverton Rocha (PDT) e José Reinaldo Tavares (DEM?).
Roseana não quer Lobão candidato e ameaça até desistir da candidatura para não ter que carrega-lo. A ex-governadora considera que o senador mais atrapalha que ajuda em sua pretensão de retornar ao comando do estado, mas não tem como se livrar dele por conta dos vínculos políticos e familiares que os une a décadas.
O ministro Sarney Filho, ontem, na Assembleia Legislativa do Maranhão, talvez por conta destes desentendimentos admitiu que a irmã ex-governadora ainda não sabe quando lançará, de fato, sua candidatura ao governo. Ao ser questionado sobre o assunto, disse apenas “não sei, isso depende dela, mas estou lutando para que seja o quanto antes“.
Pelas declarações do ministro, o grupo Sarney, pelo visto, perdeu a bússola já que nem ele, um dos principais representante da família na política do estado, sabe quando a irmã vai lançar ou se vai lançar sua candidatura faltando apenas oito meses para as eleições, o que somente deixa mais dúvidas se Roseana será ou não candidata.
A briga entre Lobão e Zequinha Sarney para vê que permanece na política pode até servir de desculpa para a ex-governadora se retirar de cena, pois nem os sarneistas mais arrojados acreditam que ela se submeterá novamente ao crivo das urnas tendo rejeição elevada e o pífio desempenho nas pesquisas eleitorais.
Fonte Jorge Vieira

Leave a Reply

Tecnologia do Blogger.