Rádio Eldorado de Codó

domingo, 9 de fevereiro de 2020

Após ser sorteado em um carro em rifa solidaria homem não aceita ficar com com o prêmio

A rifa de um carro uniu as histórias de um aposentado e da dona do veículo em Londrina, no norte do Paraná.
Depois de ser premiado, receber as chaves de Margarete Mormul, proprietária do veículo, Célio Pereira de Carvalho decidiu que não ficaria com o carro. Veja o vídeo abaixo.
“Sabia que ela usava o carro para trabalhar, que era a única fonte de renda dela. Quando comprei quatro rifas prometi que se ganhasse não ficaria. O meu objetivo era ajudar e não ficar com o prêmio”, contou o aposentado.
Em abril, Margarete descobriu que as enxaquecas e as reclamações de sinusite eram, na verdade, dois tumores no cérebro.

O médico recomendou a realização da cirurgia com urgência, no entanto ela não tinha o dinheiro necessário. Margarete então decidiu rifar o próprio carro, que custa em torno de R$ 20 mil.
Foram dois meses vendendo rifas no valor de R$ 20. Ela foi até em programas de televisão para pedir ajuda.
“Quando descobri foi muito difícil, faltou chão. Não desisti da vida e decidi leiloar o carro que utilizava para trabalhar, era motorista particular. A maioria das pessoas disse que devolveria o carro caso ganhasse. Mas, quando o Célio disse que não ficaria, me devolveu as chaves, eu tremia de emoção. Sou muito grata”, contou emocionada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário