Rádio Eldorado de Codó

quarta-feira, 17 de junho de 2020

Roberto Rocha volta a criticar duramente os comunistas do MA



Por Jorge Aragão

O senador maranhense Roberto Rocha (PSDB) voltou a criticar duramente, nas redes sociais, os comunistas do Maranhão. O senador lamentou mais uma vez que ao invés de responder as críticas feitas a gestão comunista, os aliados do governador Flávio Dino, acabem partindo para agressões contra quem faz as crítica.
Roberto Rocha taxou os comunistas maranhenses de covardes e pilantras. O senador utilizou até a imagem de um personagem dos desenhos animados, o vilão Dick Vigarista.
Mais tarde, o senador Roberto Rocha lembrou de um episódio lamentável após a sua vitória nas urnas, ao lado de Flávio Dino, que foi a morte do jovem Brunno Mattos.
Roberto Rocha, sem citar nomes, diz que depois de seis anos, a justiça ainda não foi feita e dá a entender que questiona o governador pela situação, quando pergunta se “não tem vergonha na cara, que a vítima ajudou na eleição e que levará o assunto para o Senado”. Veja abaixo.
O crime – Brunno Matos era assessor de Roberto Rocha e foi assassinado numa festa de comemoração logos após as eleições de 2014.
Segundo a denúncia feita pelo Ministério Público, o assassinato e as duas tentativas de homicídio – Alexandre Matos (irmão de Brunno) e Kelin Chang – foram resultado de uma discussão em virtude de quebra de retrovisores de alguns veículos que supostamente estariam obstruindo o acesso à garagem da residência de um dos acusados do crime, Carlos Marão Filho.
A denúncia aponta ainda que além de Marão Filho, participaram do crime de Brunno Matos, morto a golpes de faca, Diego Henrique Marão Polary e João José Nascimento Gomes.
É aguardar e conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário