Rádio Eldorado de Codó

sexta-feira, 17 de julho de 2020

As polêmicas em torno da pesquisa DataIlha para São Luís

Por Jorge Aragão
O instituto DataIlha está pretendendo divulgar a segunda pesquisa para a disputa pela Prefeitura em São Luís, após o início da pandemia do novo coronavírus.
No entanto, apesar de já ter sido registrada, a pesquisa corre o sério risco de não ser divulgada. A pesquisa DataIlha apresenta duas polêmicas que podem levar a sua suspensão.
A primeira polêmica envolve a relação de pré-candidatos. O levantamento colocou nove pré-candidatos, mas esqueceu de colocar os nomes de pelos menos outros três pré-candidatos: Detinha (PL), Saulo Arcangeli (PSTU) e Franklin Douglas (PSOL).
A segunda polêmica, e tão grave quanto a primeira, é com relação a uma afirmação mentirosa na pesquisa. Uma das perguntas do levantamento faz uma afirmação mentirosa.
“O ex-Presidente Lula está apoiando Rubens Júnior para a Prefeitura de São Luís. Rubens Júnior tem o apoio de Lula e é do mesmo partido do governador Flávio Dino. Sabendo dessa informação, [votaria] em [?]”, questiona o levantamento.
Só que nem o PT confirmou oficialmente apoio ao candidato Rubens Júnior e muito menos o ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva.
Vale destacar que, recentemente, a juíza eleitoral Teresa Cristina de Carvalho determinou a proibição da divulgação de uma pesquisa eleitoral do instituto no município de São José de Ribamar (reveja) e, pelo visto, a justiça eleitoral deve suspender mais um levantamento do DataIlha, afinal motivos têm de sobra.
É aguardar e conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário