Rádio Eldorado de Codó

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Suspeitos de envolvimento na morte de policial militar durante assalto são presos em Teresina

Suspeito foi ouvido na DHPP — Foto: Lucas Marreiros/G1 PI

De acordo com a investigação, eles teriam dado suporte aos suspeitos de assaltar e atirar na vítima.

Dois suspeitos de envolvimento na morte do policial militar Lídio Roberto de Sousa Mesquita, vítima de latrocínio, foram presos na tarde de quinta-feira (23) em uma casa alugada no bairro Água Mineral, Zona Norte de Teresina

De acordo com a investigação, eles teriam dado suporte aos suspeitos de assaltar e atirar na vítima.

Segundo o cabo Mota, da Força Tarefa, os dois criminosos confessaram que estavam fazendo guarita no local onde o policial foi assassinado. Na casa onde eles estavam escondidos foram encontradas roupas dos autores do crime, que seguem foragidos.

"Eles estão sendo ouvidos no DHPP. Em depoimento, eles confessaram que estavam no local do crime, fazendo guarita para os outros dois assaltantes que atiraram no policial. Vamos continuar em diligência até prender os autores", declarou.

Entenda o caso
Vídeo mostra dupla que baleou PM
--:--/--:--
Vídeo mostra dupla que baleou PM
Um soldado do 13° Batalhão da Polícia Militar do Piauí identificado como Lídio Roberto de Sousa Mesquita foi morto a tiros durante um assalto na tarde de quarta-feira (22), na Rua Londrina, Vila São Francisco, na Zona Norte de Teresina. Os suspeitos levaram a motocicleta da vítima.

Câmeras de segurança registraram o momento em que o policial passa pela rua na moto e em seguida é abordado pelos criminosos. A vítima é derrubada do veículo e atingida com um tiro na nuca.

Por Catarina Costa, G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário