Rádio Eldorado de Codó

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Flávio Dino vai torrar mais de R$ 1 milhão para construir motéis em presídios em plena pandemia

A polêmica da construção de cabines e/ou módulos íntimos no Maranhão, durante a pandemia do novo Coronavírus, voltou a cena nesta semana.

Em agosto de 2020, foi lançado um edital para a contratação de uma empresa de engenharia para construir 22 “módulos de encontros íntimos”, em 11 presídios da capital e do interior do estado. O investimento estimado é de R$ 1.677.469,84, conforme edital da licitação marcada para o dia 21 de setembro.

Flávio Dino vai torrar mais de R$ 1 milhão para construir motéis em presídios em plena pandemia.



No fim do mês de janeiro, o Governo Flávio Dino assinou contrato com a empresa Etech Construções, que será a responsável pela construção de 22 “módulos de encontros íntimos” em 11 unidades prisionais do estado. Pelos equipamentos, o Executivo pagará R$ 1.318.152,60, referentes a dois lotes de mais de R$ 600 mil.

O contrato foi assinado pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Serão), no dia 28 de janeiro e a as obras devem ser iniciadas ainda neste primeiro trimestre de 2020.

Diante da informação, o senador Roberto Rocha criticou a atitude e achou um absurdo a construção de “motel” em presídios do Maranhão em plena pandemia.

“No auge da 2ª onda da pandemia, o Governo do Estado do Maranhão assina contrato milionário para construir “motel” dentro das penitenciárias!”, escreveu o senador maranhense nas redes sociais.

Pelo visto, as prioridades no Governo Flávio Dino seguem totalmente invertidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário