Rádio Eldorado de Codó

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Delegacias da Mulher no Piauí receberam 19 ocorrências por dia durante março

Com o isolamento social e a recomendação para as pessoas ficarem em casa neste período de pandemia, uma preocupação que surge é com aquelas mulheres vítimas de agressão que acabam tendo que permanecer na companhia de seus agressores. As Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher do Piauí (DEAM) estão atentas aos casos de violência contra a mulher praticados nesta fase de quarentena. 
O Piauí passou a adotar o isolamento social a partir de março. Durante o mês passado, as Delegacias da Mulher registraram 593 crimes, uma média de 19 ocorrências recebidas por dia. Mas mesmo sendo considerado um número preocupante, ele ainda foi menor que a quantidade total de janeiro e fevereiro, quando o Estado ainda não vivia a quarentena. 
A queda em relação a fevereiro, por exemplo, foi de 32% (no segundo mês do ano foram contabilizados 881 registros de crime contra a mulher no Piauí junto às Especializadas). Em relação a janeiro, a redução foi de 28% (no primeiro mês do ano, foram contabilizados 827 registros de violência contra a mulher).
Comparando-se esse número com março do ano passado, a queda nos registros de crimes contra a mulher no Estado foi de 29,49%. No terceiro mês de 2019, as DEAM’s receberam 841 ocorrências. 
No período de 16 a 31 de março, quando os decretos de isolamento social começaram a ser editados pelo Governo e Prefeitura e a quarentena se intensificou, o Piauí teve 198 registros de crimes contra a mulher, um número 55% menor em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 444 ocorrências.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP), o estudo que revelou estes dados considerou a quantidade de naturezas registradas e não a quantidade de boletins de ocorrências, tendo como fonte o Sistema de Boletins (SisBO) e o Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública) da Polícia Civil piauiense.
Vale lembrar: as medidas de isolamento social são tão importantes quanto denunciar e notificar crimes praticados no âmbito doméstico e familiar. A Polícia Militar disponibiliza o número 190 para recebimento de denúncias. A Polícia Civil conta com o canal 180 para o mesmo fim. Há ainda o aplicativo Salve Maria, disponível para download nos sistemas iOS e Android, que conta com o botão do pânico. Uma vez acionada, esta ferramenta permite à policia localizar a vítima e agir em seu socorro imediato.
Importante: nesse período de quarentena, os registros de boletins de ocorrência estão sendo feitos juntos à Delegacia Virtual, que pode ser acessada no seguinte endereço: http://dv.pc.pi.gov.br/index.php
Por: Maria Clara Estrêla

Nenhum comentário:

Postar um comentário