Rádio Eldorado de Codó

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Empresa do Piauí se torna recordista em abocanhar licitações milionárias no MA

Saude Mais Perto de Voce Logo Vector (.CDR) Free Download

A Distribuidora Saúde&Vida, de Teresina (PI) vem sendo uma das empresas recordistas em vencer licitações milionárias em Prefeituras maranhenses. A dona dos contratos milionários é dos sócios Thiago Gomes Duarte e Douglas Henrique da Silva Macedo.
Levantamento realizado no site do Tribunal de Contas do Estado mostra que a distribuidora fez fortuna de 2016 a início 2020. A empresa abocanhou mais de 100 contratos públicos que chegam ao total de R$ 59.849.793,62 milhões.
Entre as Prefeituras que contrataram os serviços da Saúde&Vida estão a de Raposa, Timon, São João dos Patos, São Raimundo das Mangabeiras, Matões, Barão de Grajaú, Bacabal, Imperatriz, Buriti, São Francisco do Maranhão, Feira Nova, Coelho Neto, São Bernardo, Sucupira do Riachão, Santa Quitéria e São Luís.
A reportagem apurou que alguns desses Executivos assinaram acordos contratuais milionários com a distribuidora. Como é o caso da Prefeitura da Raposa, administrada por Talita Laci, onde a empresa movimentou R$ 8,5 milhões em contratos.
Em Timon, também tem atuação forte. Por lá, ganhou contratos orçados em R$ 6,7 milhões e na cidade de São João dos Patos o valor é bem maior: R$ 9,1 milhões dos cofres públicos.
O Executivo de São Raimundo das Mangabeiras também está pagando caro pelo fornecimento dos produtos da Saúde & Vida. O site levantou que os contratos passam dos R$ 9 milhões.
Durante o período já citado acima, a Administração de São Bernardo fez compras com a empresa no valor R$ 6,1 milhões, gasto esse superior ao de Feira Nova do Maranhão, que celebrou em um único contrato R$ 3 milhões para fornecer medicamentos.
Esse dinheiro é, teoricamente, para financiar a compra de materiais médicos e hospitalares, bem como medicamentos para abastecer os hospitais municipais das cidades do interior maranhense e da região metropolitana de São Luís. No entanto, há inúmeros relatos de falta de materiais da saúde em alguns municípios que contrataram os serviços da Saúde&Vida.
Fonte: Luís Pablo

Nenhum comentário:

Postar um comentário