Rádio Eldorado de Codó

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Fabiano Bezerra, da Máfia de Anajatuba, é encontrado morto em seu apartamento

Fabiano morreu em seu apartamento, em São Luís

Apontado pela Polícia Federal e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas), do Ministério Público do Maranhão, como principal operador da chamada Máfia de Anajatuba, o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra foi encontrado morto, em São Luís, nesta segunda-feira 22.

Ainda não há informações sobre o motivo da morte. Até onde o ATUAL7 apurou, a Polícia Civil, por meio da SHPP (Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa), não foi acionada para atuar no caso.

Ex-funcionário fantasma da Assembleia Legislativa do Maranhão, Fabiano Bezerra era uma das peças fundamentais em investigações sobre suposto esquema de desvio de recursos públicos que operou em dezenas de municípios maranhenses, como MatõesCoroatáCodóCaxiasBarra do CordaOlho d’Água das Cunhãs e em Anajatuba, onde a organização criminosa ganhou fama por protagonizar o primeiro quadro do programa “Cadê o dinheiro que estava aqui?”, do Fantástico, Rede Globo.

No período em que manteve vínculo empregatício com a Alema, lotado nos gabinetes de Carlos e Eduardo Braide (Podemos), respectivamente, pai e filho, faturou quase R$ 840 mil. Duas empresas que, segundo as investigações, eram usadas por ele para desviar dinheiro público de prefeituras municipais maranhenses, Vieira e Bezerra Ltda - ME e A4 Serviços e Entretenimento Ltda, são investigadas no inquérito da Polícia Federal que apura se há envolvimento do agora prefeito de São Luís com possível lavagem de dinheiro.

Recentemente, Fabiano Bezerra foi condenado em primeira instância a quatro anos e três meses de prisão, em um caso sobre corrupção em Bom Jardim, mas recorria em liberdade.

Do Atual7

Nenhum comentário:

Postar um comentário