Rádio Eldorado de Codó

sábado, 21 de agosto de 2021

Dica EQUATORIAL "Como economizar energia nos meses mais quente do ano"

Ficar atento aos eletrodomésticos é essencial para economizar energia nesse período mais quente.

Devido ao clima tropical, o Maranhão apresenta apenas duas estações: a chuvosa, que vai do início ao meio do ano, e a seca que vai de meados de julho até dezembro. Algumas regiões do estado acabam sentindo mais esse calor intenso, e esses períodos mais quentes são fortes agravantes para o aumento no consumo de energia, pois os aparelhos acabam consumindo mais para alcançar o mesmo desempenho comparado a outros períodos.

Equipamentos como ar condicionado, ventilador, geladeira na temperatura máxima, são grandes vilões quando se fala de consumo de energia elétrica, o que afeta tanto o bolso do consumidor quanto o meio ambiente.  

Segundo dados divulgados trimestralmente pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), no Brasil o consumo de energia aumentou 3% nos primeiros meses de 2021. - Já de acordo com os dados da Equatorial Maranhão, o mês de julho de 2021 apontou crescimento 3,4% em relação ao consumo total de energia registrado em julho de 2020 no estado. Sendo que desse número geral, a classe residencial representa 43%, e vem apresentando aumento do consumo médio desde meados de 2020.

Pensando nisso, a Equatorial Maranhão elencou algumas dicas importantes para evitar o desperdício e estimular o consumo consciente de energia elétrica entre a população. Confira:  

Evite deixar a geladeira próxima de fogão, micro-ondas e forno, pois ela tende a fazer um esforço maior para manter a temperatura quando fica muito perto e exposta a fontes de calor. Além disso, é importante também ficar atento ao tempo e frequência da abertura da porta da geladeira;

Evite utilizar chuveiro elétrico, pois é um dos equipamentos que mais consome energia. Mas, se você não abre mão, é importante evitar banhos longos de deixar sempre na posição “verão”, que consome menos energia;

Uma dica de ouro para economizar no final do mês é realizar a troca de lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por modelos de LED, que são muito mais econômicas. Lembre-se de aproveitar a luz do dia ao máximo e acender as luzes somente em último caso; 

Sobre o uso do ar condicionado é importante deixar os filtros sempre bem limpos, além de utilizar o timer para que programar o desligamento automático, e não deixar a temperatura muito baixa, assim você evita muito esforço do equipamento. O ideal é manter em 23º.

Verifique se há fuga de corrente em alguma tomada de sua casa. É importante contratar um profissional para fazer uma revisão nas instalações elétricas internas para identificar se está tudo correto e assim evitar desperdício de energia e aumento de consumo, pois a fuga pode ocorrer que não tenha equipamentos ligados na tomada.

Jamais deixe equipamentos ligados quando não estiver ninguém utilizando. Isso é desperdício;

Deixe acumular a maior quantidade de roupa possível para utilizar a máquina de lavar. Ligue o equipamento o mínimo possível e obedeça a carga máxima de roupa por lavagem para não forçar a lavadora;

Ligue o ferro de passar apenas uma vez e passe a maior quantidade de roupas possível. Nada de ligar o ferro todo dia para passar uma peça.

*Equipamentos eficientes diminuem o consumo de energia elétrica*   

Outra orientação para evitar consumo excessivo de energia elétrica é na hora da compra de equipamentos e eletrodomésticos. Sempre opte por aparelhos mais eficientes. Para a identificação desses aparelhos, é necessário visualizar o Selo Procel, que possui classificação de A até G – sendo A os mais eficientes e G os menos eficientes.

Quanto ao condicionado, por exemplo, além do selo, é possível também escolher os modelos que possuem a tecnologia “inverter”, ela é capaz de gerar economia de energia significativa, proporcionar um menor ruído e refrigerar de forma rápida. Em uma comparação, no ar condicionado comum, o compressor liga e desliga constantemente para manter a temperatura desejada, gerando assim picos de energia, que causam um grande consumo, fazendo com que a conta de energia sofra um aumento. Já os condicionadores de ar inverter, atingem a temperatura desejada mais rápido, mantendo se estável com pouca variação, o que pode gerar até 60% de economia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário