Rádio Eldorado de Codó

quarta-feira, 27 de abril de 2022

Hospital do câncer Aldenora Bello recebe doação de Usina Solar

O Hospital do Câncer Aldenora Bello foi beneficiado pelo projeto de responsabilidade social da Equatorial Maranhão, o E+ Energia do Bem, por meio do programa de Eficiência Energética da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), em parceria com a Defensoria Pública do Maranhão (DPE-MA). 

Esta ação proporcionará importantes ganhos para a instituição por meio de economia mensal relevante na conta de energia elétrica do hospital, que resultará em mais recursos disponíveis no atendimento aos pacientes.

O E+ Energia do Bem atende instituições maranhenses beneficentes de reconhecida relevância, para receberem ações de responsabilidade social, eficiência energética e sustentabilidade, que resultam em redução significativa dos custos de energia e contribuição com a sociedade em geral. 

Investimento e benefícios realizados - O investimento foi de aproximadamente R$ 870 mil e contemplou a instalação de uma mini usina fotovoltaica no Hospital, com 495 placas solares, que permite geração de aproximadamente 227.470 kwh/ano, por meio da energia solar. Isso significa economia média esperada de 30% na conta de energia do Hospital, o que representa a redução de mais de R$ 120 mil reais por ano na conta de energia da instituição. 

O valor economizado representa mais possibilidade de investimentos em equipamentos contribuindo para o aumento da capacidade de atendimento do Hospital, trazendo melhoria no atendimento dos pacientes e seus familiares. 
 
Além das placas solares, o projeto incluiu a troca de 07 refrigeradores e cerca de 265 lâmpadas que deram espaço para outras, novas e de menor consumo de energia elétrica. A obra foi iniciada em março de 2021 e teve conclusão neste mês de abril, com uma ilustração leve e colorida em paredes da ala pediátrica e da recepção do hospital, realizada pela artista Gabriela Arruda. Por meio da arte e de desenhos lúdicos e sensíveis, a ilustração da recepção busca humanizar e valorizar os desenhos feitos por crianças internadas no hospital nas oficinas de arte, que ganharam mais vida e brilho em meio ao mural de arte. Na ala pediátrica, a pintura busca tornar o corredor principal de acesso da pediatria mais humano, alegre e lúdico. O fundo do mar foi o tema escolhido pelas equipes do Hospital.
 
Para Antônio Dino, Vice-presidente da Fundação Antônio Jorge Dino, principal mantenedora do Hospital do Câncer Aldenora Bello, “esse projeto, feito em parceria com a Equatorial, é super importante para a Fundação, principalmente num momento tão delicado que a gente passa de situação financeira ruim por causa da defasagem da tabela SUS. Essa economia gerada vai ser muito importante na aplicação de mais recursos para o tratamento dos nossos pacientes, seja com medicamentos, novos equipamentos ou até mesmo em novos projetos de eficiência energética para o hospital. Só temos a agradecer a Equatorial e estamos à disposição para futuros novos projetos”, enfatizou o vice-presidente.
 
De acordo com o presidente da Equatorial Maranhão, Sérvio Túlio, “o Grupo Equatorial tem grande alegria em entregar essa importante obra ao Hospital do Câncer Aldenora Bello, pois reconhecemos a relevância desta instituição para o estado. Os avanços na forma de gerar, distribuir e consumir energia mostram que é impossível não repensar os conceitos e inovar na forma de desenvolver novos projetos no segmento. O Programa E+ Energia do Bem que faz parte da nossa agenda de sustentabilidade, tem essa perspectiva de desenvolvimento social aliado à inovação, com foco na economia de energia”, pontuou Sérvio. Por meio do Programa de Eficiência Energética da ANEEL, nos últimos 5 anos, o Grupo Equatorial já investiu mais de R$ 26 milhões em projetos voltados para instituições sociais, escolas e outros, sendo 43 projetos desse tipo nos Estados do Pará, Alagoas, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Sul, onde o Grupo atua. 
 
Sobre o Hospital do Câncer Aldenora Bello - O hospital realiza mais de 50.000 atendimentos mensais. Possui 175 leitos, divididos em enfermarias clínicas e cirúrgicas, pediatria, apartamentos, UTI e serviço de pronto atendimento. Conta com centenas de funcionários, muitos deles atuando diretamente na assistência ao paciente oncológico. Atualmente atende mais de 90% de seus pacientes pelo SUS e é responsável por 50% do tratamento oncológico no Estado. 
 
Anteriormente, instituições como o Asilo de Mendicidade, Casa do Sonho de Criança/Lar Irmã Mônica (Grupo Solidariedade é Vida) e o Lar de José receberam ações de Eficiência Energética da Equatorial, também em parceria com a Defensoria Pública do Maranhão (DPE/MA). "A parceria celebrada com a Equatorial exemplifica a consciência social da empresa, assim como demonstra a importância das articulações administrativas da Defensoria, pois ao mesmo tempo em que traz melhorias aos consumidores, pode gerar grandes ganhos sociais em outras áreas. E, nesse caso, o trabalho conjunto beneficia milhares de pessoas, sobretudo em situação de vulnerabilidade”, enfatizou o Defensor Público Luís Otávio Moraes Filho, que atua no Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon).

O Subdefensor-Geral Gabriel Furtado destaca a importância dessa atuação. “O que aconteceu hoje foi a concretização de um esforço conjunto iniciado em março de 2021, com a assinatura do termo de parceria entre a Defensoria Pública e a Equatorial. O termo previa um investimento de mais de R$800 mil no Hospital Aldenora Bello, com foco na economia de energia elétrica. Hoje, o Grupo Equatorial demonstra o compromisso que tem com a responsabilidade social, por essa razão conseguimos unir os esforços e buscar essa transformação em conjunto. 

A economia propiciada ao hospital com a instalação da usina poderá ser revertida pela instituição em mais investimentos em equipamentos e até mesmo no aumento da atual capacidade de atendimento”, afirmou o subdefensor-geral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário