Rádio Eldorado de Codó

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Empresário que recebeu sem executar obra em Primeira Cruz agora é alvo do Ministério Público em Paulo Ramo

Tudo sobre o município de Paulo Ramos - Estado do Maranhao | Cidades do Meu  Brasil
Registrada na Avenida Colares Moreira nº 01, Edíficio Office Tower, coluna 18, sala 518, bairro Jardim Renascença, São Luís, a empresa Horizonte Construções e Empreendimentos Ltda, em nome de Fábio Muniz Cordeiro (foto de óculos) e Ruy Clemencio Barbosa Cordeiro Júnior se tornou alvo do Ministério Público na cidade de Paulo Ramos.
O o Promotor de Justiça Rodrigo Freire Wiltshire de Carvalho abriu investigação a partir de uma denúncia de um suposto desvio de verba pública em um contrato selado entre o prefeito do município de Paulo Ramos, Deusimar Serra, e a empresa Horizonte Construções e Empreendimentos LTDA, para reforma de várias escolas no município.
De acordo com as investigações do MP-MA, o contrato nº 063/2017, celebrado entre as partes, teve o valor exato de R$ 1.313.215,04 (um milhão, trezentos e treze mil, duzentos e quinze reais e quatro centavos). Um Inquérito Civil foi aberto para apurar o caso e colher informações mais precisas sobre a denúncia.
O Ministério Público vai emitir um ofício à Empresa Horizonte Construções e Empreendimentos LTDA, para que tenha conhecimento do caso e para que preste informações detalhadas sobre o contrato no prazo de 10 dias.
– Fraude em Primeira Cruz 
Essa mesma “empreiteira” liderada pelo empresário  Fábio Muniz Cordeiro recebeu da gestão de Nilson do Cassó, prefeito em exercício do município de Primeira Cruz, o valor de R$ 254 mil com a finalidade de realizar manutenção de estradas vicinais, e para tanto, fraudou documento como se tivesse feito quatro medições para receber os recursos. A obra foi paga mas não executada.
Fonte: Domingos Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário